55 3352-4009
55 98414-1227
contato@biolabor.net.br

ÁCIDO HOMOVANÍLICO

Uso: diagnóstico e monitoramento de tumores produtores de catecolaminas. O ácido homovanílico (HVA) é o principal metabólito da dopamina. Sua excreção encontra-se aumentada nos casos em que a dopamina é fabricada em excesso, como nos tumores produtores de catecolaminas (neuroblastomas, ganglioneuroblastomas e feocromocitomas) e distúrbios esquizóides do comportamento. Em todos os casos, a liberação de dopamina e o conseqüente aumento de excreção de HVA pode ser intermitente. De modo geral, os neuroblastomas são diagnosticados em crianças e alguns casos com diagnóstico precoce podem ser tratáveis. Estas patologias, assim como os feocromocitomas, são associadas à liberação de catecolaminas, em especial a epinefrina e seus precursores. O diagnóstico destas patologias é mais bem realizado utilizando-se diferentes marcadores como HVA, ácido vanil mandélico (VMA) e catecolaminas urinárias, uma vez que em alguns casos é possível o encontro de apenas um destes marcadores alterado. Interferentes: álcool, café, chá, tabaco, exercícios intensos no período anterior e durante a coleta.
Código: AHOMO
Material: urina 24 horas
Sinônimo: HVA
Volume: 20.0 mL
Método:
Volume Labex: 10,0 mL
Rotina: 3ª e 5ª feira
Resultado: 7 dias
Temperatura: Sob refrigeração
Coleta: Coletar urina de 24 horas com HCl 6N - pH < 3.0, refrigerar e enviar. Orientações: 1º Anotar medicação - Dose e tempo de uso. 2º Paciente deverá permanecer 12 horas sem ingerir alcool, fumo, refrigerante tipo coca-cola. 3º Paciente deverá permanecer 7 dias sem ingerir os medicamentos:alfa metil dopa, descongestionantes nasais, bronco dilatadores, tetraciclina, clorpromazina, quinidina.
Cod SUS:
CBHPM: 4.03.05.12-0
Revisado: N
Esotérico: N

Mais exames

Mais exames