55 3352-4009
55 98414-1227
contato@biolabor.net.br

CLONAZEPAM - dosagem

Uso: monitoramento de níveis terapêuticos e toxicidade. O clonazepam é um derivado benzodiazepínico, utilizado como anticonvulsivante em alguns quadros epiléticos, incluindo a síndrome de Lennoz-Gastaut e a epilepsia acinética e mioclônica, entre outros. A eficácia terapêutica e a prevenção de superdosagens tóxicas dependem da dosagem periódica, ou pelo menos até o acerto da dose deste agente. Picos séricos ocorrem cerca de 2 horas após a administração oral. Sua meia vida sérica está em torno de 20-40 horas, sendo maior em pacientes idosos. Mais de 80% do clonazepam encontrado no soro está ligado a proteínas, e seu metabolismo é majoritariamente hepático, com excreção urinária. Pacientes em uso do medicamento que tenham hipofunção crônica renal ou hepática, bem como insuficiência cardíaca congestiva, podem apresentar níveis elevados de clonazepam sérico não esperados.
Código: CLONA
Material: soro
Sinônimo:
Volume: 4,0 mL
Método:
Volume Labex: 4,0 mL
Rotina: 6ª feira
Resultado: 20 dias
Temperatura: Sob refrigeração
Coleta: VOLUME MÍNIMO PARA ENVIO : 2 ml somente para este exame. A coleta ideal deve ser realizada imediatamente antes da administração da proxima dose. Coletar sangue total sem anticoagulante, esperar retrair o coágulo. Centrifugar, separar o soro e enviar sob refrigeração. Devem ser invformadas data e hora da ultima tomada do medicamento.
Cod SUS:
CBHPM: 0.00.00.00-0
Revisado: N
Esotérico: S

Mais exames

Mais exames